11 abril 2012

A Figueira



Marcos 11.12-14
Mas a sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura; depois, pacífica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sincera (Tg 3.17).

Jesus saindo de Betânia avistou uma figueira com folhas. Estando com fome e pensando que havia nela fruto, aproximou-se. Vendo que não tinha frutos, a amaldiçoou. Uma pergunta que muitos fazem é: Por que Jesus fez isso com a figueira, se está dito que nem tempo de figos era?

Devemos atentar para o fato de que é característica da figueira, diferentemente de outras árvores frutíferas, nascerem primeiro os seus frutos, e depois aparecem as folhas. Portanto, ver uma figueira cheia de folhas é ter a segurança de encontrar frutos. Quando Jesus viu aquela figueira, se aproximou, pois deveria ser uma figueira que estaria dando frutos fora de época. Só que esta figueira, que aparentemente prometia muito, não tinha nada a oferecer além de sua falsa aparência. Portanto, Jesus amaldiçoa esta árvore, não apenas porque ela não possuía frutos, mas por causa de sua aparência enganosa de possuir frutos não tendo.

De forma simbólica, essa figueira pode ser comparada a Israel e aos líderes religiosos daquela época que aparentavam ser muito religiosos, tinham uma folhagem brilhante, mas suas vidas não apresentavam frutos correspondentes. Interessante notar que, na mesma época em que a figueira foi amaldiçoada, foi anunciada a destruição de Jerusalém.  

O texto de hoje serve como uma advertência a todos aqueles que parecem ser muito mais do que são. Não podemos nos esconder através de uma folhagem empolgante e bonita, antes devemos dar frutos. Devemos apresentar frutos reais ao Senhor, ao invés de cultivarmos uma aparência de santidade. Devemos dar frutos que mostrem arrependimento, que mostrem que estamos plantados e unidos a Cristo.

Como aquela figueira, corre perigo todo aquele que vive uma vida de hipocrisia. Jesus disse que toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo.

Cuidado, uma arvore é conhecida pelos seus frutos e não por suas folhas

1 comentários:

Steve Finnell disse...

you are invited to follow my blog

Postar um comentário